sábado, 29 de janeiro de 2011

Saviola distinguido como melhor jogador do campeonato na época passada!

Aos 29 anos e com uma carreira invejável, na qual se destacam as conquistas de Liga Europa, campeonato de Espanha, Liga portuguesa, Mundial sub-20 e medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas, Javier Saviola enriqueceu o seu currículo com o prémio de A BOLA para melhor jogador do campeonato passado. «Uma honra», disse.

- Que significa para si conquistar o troféu de A BOLA para o melhor jogador do campeonato de 2009/2010?

- Em primeiro lugar quero agradecer ao jornal A BOLA por esta distinção, que é muito importante para mim, especialmente por ter sido o meu primeiro ano em Portugal e depois de ter chegado a um clube tão grande como o Benfica. Na verdade estou mesmo muito feliz. Mas este prémio também é dos meus companheiros e do treinador e quero por isso partilhá-lo com toda a equipa, que me ajudou a chegar onde cheguei. É uma alegria muito grande para mim.

- Considera poder dar ao Benfica ainda mais do que aquilo que deu na liga passada?
- Sim, sim, sim, sem dúvida alguma. Tenho muito mais para dar, muito mais futebol, pois estou a começar a sentir-me melhor e entendo que devemos sempre progredir em vez de ficarmos agarrados ao passado. O futebol vive do presente. É preciso continuar sempre a trabalhar, há sempre que continuar a lutar por saber que estamos num clube muito grande, por saber que as pessoas pedem sempre títulos.

- Tem vontade de ficar muitos anos no Benfica?
- [risos] Sim, sim, oxalá, se bem que a vida de um jogador nunca se sabe. Mas, sim, claro que gostava. Vivo um presente bonito e muito bom no clube e espero que possamos partilhar mais momentos juntos, estar com estas pessoas que me têm tratado tão bem e com o clube, que me deu tanto.

- Javier Saviola sucede a Lucho González, antigo médio do FC Porto, mas também argentino, na conquista deste prémio de A BOLA. Tem um valor especial?
- Devo dizer que tenho uma relação muito boa com ele, damo-nos muito bem e é um enorme jogador. Na época passada, quando soube que havia sido ele o eleito como melhor jogador da temporada 2008/2009, fiquei muito contente, mais a mais quando sabemos todos muito bem o que Lucho significa como jogador. O facto de ter ganho a edição passada e agora ter sido eu a vencer este prémio deixa-me muito orgulhoso.

- Está em Portugal há ano e meio. Encontrou o que esperava?
- Estou muito contente, tanto na vida futebolística como na vida pessoal. A minha família também está muito feliz, as pessoas tratam-nos muito bem, o Benfica sempre se portou muito bem comigo. Quando estamos bem na vida pessoal isso nota-se no nível futebolístico. E neste momento estou feliz em ambas as vertentes.

2 comentários:

  1. MERECIDÍSSIMO... UM EXCELENTE JOGADOR... que preza a discrição e a humildade. UM EXEMPLO. OBRIGADO POR JOGARES NO "GLORIOSO".

    ResponderEliminar